Calendário de Publicações Produtos de Cartografia

 

 

Publicações

O Instituto Nacional de Estatística (INE), disponibiliza a Folha de Informação Rápida do Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN) referente ao mês de Março de 2018.

 

Tendo como referência a província de Luanda, o Índice de Preços no Consumidor (IPC) registou uma variação de 1,38% durante o período de Fevereiro a Março de 2018. A variação homóloga situa-se em 22,32%, registando um decréscimo de 15,54 pontos percentuais com relação a observada em igual período do ano anterior.

 

A classe “Bens e Serviços Diversos” foi a que registou o maior aumento de preços com 2,99%. Destacam-se também os aumentos dos preços verificados nas classes “Saúde” com 2,81%, “Vestuário e Calçado” com 1,85% e “Lazer, Recreação e Cultura” com 1,69%.

 

As províncias que registaram maior aumento foram: Cuanza Sul com 2,30%, Lunda Norte com 2,18%, Cunene com 2,13% e Namibe com 2,03%.

 

As províncias com menor variação foram: Benguela com 1,33%, Huíla com 1,37%, Luanda com 1,38% e Cuando Cubango com 1,42%.

 

O INE informa que está ao Vosso dispor para mais e melhores informações, caso sejam necessárias, para informações adicionais sobre este e outros indicadores económicos, sociais e demográficos produzidos no âmbito do Sistema Estatístico Nacional.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) tem a honra de partilhar os  Resultados Definitivos do Índice de Produção Industrial referente ao ano de 2017.

 

O Índice de Produção Industrial (IPI) registou uma variação média anual negativa de 5,2 % com relação ao ano anterior, influenciado pela diminuição na produção da “Indústria Transformadora” com 5,6% e “Indústria extractiva” com 5,4%.

 

As outras Secções apresentaram variações positivas conforme se segue: “Captação, Tratamento e Distribuição de Água e Saneamento” com 6,7% e “Produção e Distribuição de Electricidade” com 1,1%.

 

O INE informa que está ao Vosso dispor para mais e melhores informações, caso sejam necessárias. Aconselhamos, também, aceder ao portal do INE (www.ine.gov.ao) para informações adicionais sobre este e outros indicadores económicos, sociais e demográficos produzidos no âmbito do Sistema Estatístico Nacional.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) apresenta , a Folha de Informação Rápida sobre estatísticas da Conjuntura Económica de Angola  referente ao IV Trimestre 2017.

 

De forma resumida apresentam-se as tendências do Indicador de Confiança (IC), dos sete sectores (Indústria Extractiva, Indústria Transformadora, Construção, Comércio, Comunicação, Turismo e Transportes), tendo por base a resposta ao Inquérito de Conjuntura às empresas seleccionadas que influenciaram o Clima Económico em Angola, no IV Trimestre de 2017.

 

De maneira geral quase todos os sectores, em análise, apresentaram evolução homóloga positiva, mas a Conjuntura continuou desfavorável

O Anuário de estatísticas do turismo, disponibiliza dados estatísticos referentes ao turismo de Angola em particular e internacional em geral cuja referência é o ano de 2015.

 

O Anuário de Estatísticas do turismo ora apresentado, consiste na divulgação dos resultados dos principais indicadores estatísticos do turismo do país, referente ao ano de 2014.